Menu fechado

Anemia Falciforme: uma doença que afeta o sangue

Conheça os sintomas, diagnóstico e tratamento

O que é anemia falciforme?

A anemia falciforme é uma doença genética e hereditária. É causada por uma alteração na formação da hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio presente nos glóbulos vermelhos.

Os glóbulos vermelhos que normalmente são redondos, na anemia falciforme perdem a forma arredondada e a elasticidade, adquirindo a forma de foice. Por isso, o nome falciforme. Os glóbulos ficam mais rígidos e não conseguem fluir nos pequenos vasos sanguíneos, formando aglomerados que impedem a oxigenação dos tecidos. Essas obstruções nos pequenos vasos e artérias podem ocasionar complicações graves, como infarto, doença renal, embolia pulmonar e acidente vascular cerebral.

Quais são os sintomas da anemia falciforme?

Existe uma grande diversidade quanto às manifestações da anemia falciforme, que podem variar desde pessoas sem nenhum sintoma clínico (traço falciforme) até quadros graves, com comprometimento de múltiplos órgãos. A doença falciforme geralmente se manifesta por volta do sexto mês de vida do bebê, embora em alguns casos os sintomas possam aparecer com o passar dos anos.

Os principais sinais e consequências da anemia falciforme são:

  • Dores nas articulações, pernas, abdômen e tórax;
  • Palidez e icterícia (aspecto amarelo da pele e dos olhos);
  • Desidratação e fadiga intensa;
  • Infecções frequentes;
  • Priapismo (ereção peniana involuntária e dolorosa).

Anemia falciforme e as crises de dor

Qualquer atividade intensa que reduza a quantidade de oxigênio no sangue pode causar uma crise falciforme, também chamada de exacerbação. A dor é mais frequente nos ossos e nas articulações, mas podem atingir qualquer parte do corpo. Essas crises têm duração variável e podem ocorrer várias vezes ao ano. Geralmente são associadas ao tempo frio, infecções, período pré-menstrual, problemas emocionais, gravidez ou desidratação.

Por todos esses fatores, os pacientes precisam de acompanhamento médico constante, a fim de melhorar a qualidade de vida e reduzir o risco de complicações.

Leia mais: Baixa imunidade e neutropenia na quimioterapia

Importância do diagnóstico precoce

Por ser uma doença que passa de pai para filho, o bebê já nasce com a alteração. O exame para detectar a anemia falciforme é realizado nos primeiros dias de vida pelo teste do pezinho. Posteriormente, a confirmação é feita através de análises da hemoglobina, como a eletroforese e o teste de falcização.

Quanto antes o diagnóstico for confirmado, melhor. Exija que o teste do pezinho seja feito em seu filho logo depois do nascimento. Se for constatado que é portador de anemia falciforme, encaminhe-o rapidamente para um médico especialista.

Tratamento da anemia falciforme

Ainda não existe nenhum medicamento capaz de impedir a produção das hemácias deformadas. Assim, o tratamento visa prevenir o risco de lesões nos órgãos vitais, reduzir as crises de dor e prolongar a expectativa de vida do portador.

Geralmente, os cuidados envolvem a prevenção de infecções através de antibióticos e vacinações (especialmente na infância); transfusão de sangue; medicamentos de uso oral, como a hidroxiureia para reduzir crises dolorosas e complicações decorrentes da doença; e medicamentos que diminuem a interação das hemácias falciformes.

A doença pode ter cura através do transplante de medula óssea. O grande problema é que a maior parte dos pacientes não é candidata ao procedimento pelos critérios de elegibilidade ou por não ter doador compatível.

Definitivamente, a anemia falciforme exige um acompanhamento médico frequente. Consulte seu hematologista, e caso ele prescreva algum tratamento, conte com a Sol Medicamentos Especiais. Somos uma empresa especializada na venda de medicamentos especiais, inclusive os relacionados a hematologia.

Atendimento Sol Medicamentos Especiais
📞(11) 4133-1600 | (11) 94166-5575 | 🛒 solmedicamentos.com.br

Quer saber mais sobre anemia falciforme? Neste vídeo o Dr. Drauzio Varella conversa com o Dr. Guilherme Fonseca, médico hematologista assistente de Hematologia do Hospital das Clínicas de São Paulo. Assista!

Anemia falciforme sintomas, diagnóstico e tratamento

Acompanhe nosso conteúdo nas redes sociais!  Facebook | Instagram | LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOL DISTRIBUIDORA DE PRODUTOS HOSPITALARES E FARMACÊUTICOS LTDA / CNPJ: 21.367.184/0001-00 / IE 206.363.515.112
Rua Mario Quintana, 54, Conjunto A, Melville Empresarial I e II / Alphaville / Barueri-SP, CEP: 06485-350 – Telefone (11) 4133-1600
Farmacêutico Responsável: Dra. Maria Izabel Salatino de Bem Vidal – CRF-SP – 77673

Filial Espírito Santo
Avenida João Francisco Gonçalves, 100, Sala 12, CEP: 29111-300, Bairro Cobilandia, Cidade Vila Velha-ES
Responsavel técnico: Chiara Pavesi Mai Nunes - CRF-ES 1751